Jesus vs Barrabás (resumo da ópera)

Jesus-e-Barrabás

Diz aí, reza a lenda que o povo foi induzido pelas “otoridades” a escolher Barrabás para ser solto, ao invés de Jesus… o fato é:

o povo foi nada induzido na ocasião… eles simplesmente esperavam e esperam um messias muito mais com perfil de Barrabás que o perfil de Jesus… Barrabás era uma espécie de salvador da pátria daquele povo que o elegeu para ser solto em detrimento de Jesus. Barrabás, era uma espécie de Robin Hood… ou seja, nada mais natural que eles soltarem o cara que era “deles”… Jesus veio cheio de história diferente, mudando várias tradições e barrabás, não, era exatamente o oposto… até porque o deus do velho testamento, tá muito mais pra sanguinário, violento e vaidoso, como barrabás era, que o tal do Jesus, todo humilde e com papo de “oferecer outra face” e otras cositas mas…. aí fi, foi de ralo.

além do mais, ele praticamente suicidou-se. A fim de…. cumprir as escrituras.. ele cismou que ia ser o messias e foi ate as últimas consequências para tal.. bastava ele abrir a boca, dizer uma só palavra, bastave ele responder uma só das perguntas no interrogatório que provavelmente ele seria acusado de heresia ou charlatanismo ou qualquer outra coisa, mas a pena de morte ele não teria sido levado não… o que ele fez, foi praticamente um desrespeito as autoridades.. imagina você numa sala de interrogatório e o cara te pergunta qualquer coisa e você simplesmente faz voto de silêncio? e quando diz algo, o diz assim:

interrogatório

interrogatório

 
— você é o messias, o filho de deus?
resposta dele:
— Se assim o dizes… (tipo, você que tá dizendo)

ele queria cumprir a escritura.. até a suposta traição de judas, foi combinada..judas não o traiu, judas fez o que ele determinou que fosse feito… só que judas não imaginava aquele final, nem aquela postura dele, diante do julgamento… foi suicídio.

e isso está explícito em várias passagens bíblicas: deus enviou seu filho ´´único para MORRER POR NÓS… ele tinha que morrer, de forma teatral inclusive, de forma bem marcante… não sendo possível através de todos os desafios que fez, enfrentou o sistema, trabalhou no sábado, fez os caralho.. mas só foi mesmo condenado por não responder, nada em defesa de si próprio no interrogatório. Bastava ele dizer: sim, sou filho de deus.
o máximo que iam fazer era, fazer como fazem até hoje com pessoas assim: pega essa porra e interna que é maluco.. mas não.. ele disse nada, e parecia uma pessoa bem normal…. então… ou melhor, mas nem foi aí que ele foi condenado, ainda tinha mais uma chance pra evitar que o sangue daquele “louco” na cabeça de Pilatos ficasse em suas mãos.. mas por azar, o preso a ser solto era barrabás (um ídolo dos judeus da região.. barrabás era bem mais conhecido que jesus pelos judeus, bem mais quisto, e tinha feito muito mais coisas pelo seu povo, além de ser um guerreiro nato – jesus não era guerreiro, jesus era Peace and love)… o azar foi cair jesus contra um ídolo, um pop star, uma espécie de Escadinha na época do escadinha, quem na favela do rio, ia ser contra soltar o escadinha, que tanto fazia pela população do morro que ele era dono e traficava? ele roubava, traficava, matava, mas mantinha a ordem, não permitia que nada acontecesse aos moradores da sua comunidade… e por aí vai.. azar ou sorte de jesus foi ter caído em votação contra Barrabás… fosse um outro bandido qualquer, jesus não teria morrido na cruz e hoje não haveria esse mito da cruz, e esses povos cristãos… enfim.. a história é essa.

não, não fiz teologia, não me arrependo, mas são mais de 10 anos pesquisando e estudando tudo que diz respeito a religião judaico-cristã.

e na escola dominical ou no curso de teologia, é claro que você jamais vai ouvir ou ler ou ter conhecimento dessas coisas, uma vez que isso não é de interesse dos teólogos nem da igreja que as pessoas saibam os verdadeiros detalhes das coisas, as verdadeiras coisas por tras de cada coisa. Você vai aprender apenas o que eles querem que você aprenda.

É como escrever uma biografia autorizada… só vai ter parte boa da vida do cara, os vacilos os moles e as merdas e as cagadas, é lógico que ele vai mandar você excluir, omitir ou tornar bonitinha aquela parte para quem ler…

by Igor Cartman Otávio Broflovski

* esse post é um oferecimento:
banner-anuncio-musicaart

 

Anúncios